Brasil e Mundo

18/08/2017 09:03

ATÉ QUE ENFIM: NOME DE ESTUPRADOR NÃO DEVE FICAR EM SIGILO, DECIDE STJ

Citando precedente do STJ, o ministro Reynaldo Soares da Fonseca entendeu que a divulgação do nome de um acusado de violência sexual no sistema da Justiça Federal, ainda que o processo tramite sob segredo de justiça, 'não viola o direito à intimidade'.

Segundo o magistrado, o interesse individual não pode se sobrepor ao interesse público.

Na decisão, o ministro relator recorre a acórdão recente da Quinta Turma do STJ, que negou pedido para que o nome de um acusado de divulgar pornografia infantil na internet fosse retirado do sistema da Justiça.

"Conforme pugnado pelo Ministério Público Federal, em seu parecer, verifico que deve ser afastado o sigilo da identificação do impetrante/paciente, conforme recentemente assentado pela Quinta Turma, no julgamento do Recurso em Mandado de Segurança 49.920/SP, da minha relatoria",conclui Reynaldo Fonseca


OpticaSaulo219965056 938732996265406 1567785194 nNutriNortaoZap

WWW.RONDONIATUAL.COM: Este site acompanha diversos editoriais. Todos as notícias veículadas aqui são tratatas como simples suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Não nos responsabilizamos por quaisquer comentários de nosso internautas.

Retirar notícia: Entre em contato, enviando-nos o link da matéria.

CONTATO: contato@rondoniatual.com

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo