Destaques

05/03/2018 08:22 rondoniatual.com- Jean Lemos

Ji-PARANÁ - Missa de despedida do Padre Wanderson que foi destituído gera comoção em fiéis, veja no vídeo

Uma onda de manifestos nas redes sociais vem ganhando notoriedade desde de que o Bispo Dom Bruno Pedrón destituiu um Padre da paróquia São Sebastião em Ji-Paraná.

Veja uma carta manifesto redigida por um internauta que foi publicada no Facebook repudiando a atitude do Bispo. Dezenas de internautas comentaram em um tom de revolta.

A missa de despedida gerou choros desesperado daqueles que gostavam e tinham verdadeira admiração pelo Padre Wanderson.

Veja no Video.

CARTA MANIFESTO: Sebastião Pascom
“Prefiro uma Igreja acidentada, ferida e enlameada por ter saído pelas estradas, a uma Igreja enferma pelo fechamento e a comodidade de se agarrar às próprias seguranças” (Papa Francisco)
Nas palavras e sentimentos do Papa Francisco, definimos o momento em que vivemos na Paróquia São Sebastião de Ji-Paraná-RO, ferida pela covardia daqueles que não conseguem viver o Espírito da Compaixão e da Misericórdia e que tão pouco estão vivendo o verdadeiro sentido do período quaresmal, que nos convida a conversão, ao diálogo e ao Perdão. Ao destituir o Pároco Pe.Wanderson de Nossa Paróquia o Bispo Diocesano deixou de lado os Espírito Quaresmal e atitude de misericórdia de Jesus e se prevalecendo do autoritarismo e do poder de mando sem exercer a escuta e o direito primordial de defesa, CONDENOU, ESCURRASSOU, FERIU o ser humano Wanderson e junto com ele FERIU o Coração de homens, mulheres, crianças, Jovens e Idosos que ao longo de 01 ano de caminhada se fortaleceram na Fé o no amor apaixonado por Jesus anunciado com tanto vigor pelo amado Pastor Pe. Wanderson.
Na minha Dor manifesto a dor de todo o povo do campo e cidade que numa atitude arbitrária ao bom senso estão vivendo a Violência da intolerância e do poder praticada pela Igreja sobre cada um. Ficamos indignados pois quem deveria exercer o papel de Pai Misericordioso condenou sem piedade, perguntamos ao Bispo Qual pecado cometeu Pe. Wanderson e a nossa Paróquia para sofrer tamanha condenação? Para ter um projeto de Evangelização e olhar carinhoso para com o seu povo abortado de forma tão covarde e desleal? São questionamentos que precisam de respostas, de provas pois o nosso povo clama por esclarecimentos.
Temos que lembrar que a anos nossa Paróquia é tratada com desprezo pelo Bispo, padres que permanecem um ano são transferidos repentinamente desrespeitando Planejamentos e Decisões de assembleias paroquiais, é preciso dar uma basta a está situação e garantir ao nosso povo o Respeito e a Dignidade de homens e mulheres construtores da Igreja e do Reino de Deus.
Em um ano de trabalho Pe. Wanderson despertou em cada um de nós a necessidade da Oração, da Formação, da Adoração ao Santíssimo Sacramento, do resgate da religiosidade popular, da necessidade da Unidade Paroquial, do olhar carinhoso e amoroso ao enfermo, ao Idoso e as crianças, o despertar para a Vida Sacramental, a oportunidade a Confissão e ao atendimento da escuta, a abertura aos leigos e leigas em seu protagonismo, as crianças o chamado ao serviço de Coroinhas, as mulheres fragilidades o Direitos de serem Amadas, aos Migrantes a atenção e a Acolhida, as comunidades a presença e o Amor, Nossa Senhora de Fátima caminhou no mês Mariano, Nossa Senhora Aparecida alegrou as comunidades com a Peregrinação e a festa Jubilar, São Sebastião peregrinou pelas comunidades no fortalecimento e na União anunciando Jesus em um amor apaixonado, visitar era para Pe. Wanderson um exercício de amor, proporcionar aos enfermos missa especial um ato de conforto, proporcionou a todos a participação na Eucaristia, nos alimentou, nos fez crescer na Fé e na solidariedade, nos fez viver e seguir os passos de Jesus no caminho da Cruz, Pe. Wanderson hoje recebe da Diocese de Ji-Paraná a REPROVAÇÃO por sua dedicação e doação ao povo, mas recebe do Povo a GRATIDÃO, o CARINHO e o AMOR sentimentos verdadeiros de um povo Feliz e Ferido, a exemplo do próprio Jesus.
Obrigado Pe. Wanderson por cuidar com tamanho zelo e amor a esse rebanho, hoje estamos como ovelhas sem pastor, mas o legado deixado nos motiva a não silenciar mas fazer Ecoar o Grito de Indignação afim que todas as sementes plantadas produzam os frutos do AMOR, PERDÃO e MISERICÓRDIA. Avante povo de DEUS a Missão continua. Nossa Senhora das Dores Rogai por todos nós.
Ji-Paraná 04 de Março de 2018.
Antônio Marcos Gross dos Santos – LMS
COORD. SANTAS MISSÕES POPULARES/PASTORAL DOS MIGRANTES/LEIGOS MISSIONÁRIOS SCALABRINIANOS/MISSIONÁRIOS DO REINO.


MotelgifAb1a0c9d d96a 40c5 a04e 287e9f0c324fPatrao Lanches Gifbanner Centeeeerr NovapizzaBarbeariaToplanches Proserv
LavacarChaveiro

WWW.RONDONIATUAL.COM: Este site acompanha diversos editoriais. Todos as notícias veículadas aqui são tratatas como simples suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Não nos responsabilizamos por quaisquer comentários de nosso internautas.

Retirar notícia: Entre em contato, enviando-nos o link da matéria.

CONTATO: contato@rondoniatual.com

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo