Rondônia

18/01/2018 13:03 rondonianoar

“Caboclo mamador” incorpora e homem é preso por suspeita de estupro de menina de 13 anos

Às vezes os contos de comédia e do folclore se adaptam a vida real a exemplo do ocorrido que levou à prisão de P.S.M.A., 40 anos suspeito de estupro de vulnerável. O “caboclo mamador” teria incorporado no homem que quis degustar os seios de uma menina de 13 anos, mas foi flagrado pela irmã de 10 que contou a avó paterna. O caso aconteceu noite de quarta-feira (18) em uma residência localizada na Rua Alexandre Guimarães, Bairro Jardim Santana da Zona Leste de Porto Velho.

 

A guarnição comandada pelo SD Paiva foi acionada via Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), em contato com a avó da criança que é companheira do suspeito soubesse que as duas meninas residem com ela há um mês.  A caçula disse que teria visto o companheiro da avó passar a mão nas partes intimas da irmã de 13 anos e o pai foi avisado, então P.S.M.A. de posse de uma makita afirmava que preferia se matar a ser preso e foi solicitado o apoio do Coordenador de Policiamento Ostensivo da Capital (Cepoc).

 

A vítima relatou que no período da manhã ainda dormia quando foi acordada pelo suspeito acariciando-a e ao questioná-lo foi ameaçada a não contar nada, caso contrário, faria pior. Já à noite quando tomava banho no quintal, o suspeito se aproximou e teria tentado ‘chupar seus seios’ e não se contendo passou a as mãos em suas partes íntimas. Inclusive, não avançou mais porque a irmã correu para contar a avó.

 

Diante da teimosia em não dialogar foi necessário o uso da arma não letal de choque Spark para imobilizá-lo resultando em escoriações no pé direito, braço direito e abdômen. Em consequência, precisou receber atendimento médico na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Ao ser inquirido disse que ao ver a adolescente tomando banho no quintal, apenas teria dito admirado que os seios dela já estavam grandes.


WWW.RONDONIATUAL.COM: Este site acompanha diversos editoriais. Todos as notícias veículadas aqui são tratatas como simples suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Não nos responsabilizamos por quaisquer comentários de nosso internautas.

Retirar notícia: Entre em contato, enviando-nos o link da matéria.

CONTATO: contato@rondoniatual.com

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo