Rondônia

09/04/2019 06:59 folhadosulonline

"EU TENTEI AJUDAR": Pastor assume que entregou comida a colombiano, mas não sabia que tinha vidro

Na manhã desta segunda-feira, 08, esteve na redação do jornal, o pastor evangélico Ivan da Silva Lima, 41 anos, que veio comentar um episódio que causou indignação em Vilhena (RO) no final de semana.


O religioso, líder da Igreja Batista Nacional no bairro Moysés de Freitas, assumiu ter comprado o marmitex fornecido a um migrante colombiano, que chegou a acionar a polícia, dizendo que havia cacos de vidro na comida recebida.

 

 

MALDADE: Colombiano ganha marmitex com vidros e é hospitalizado


Ivan esclareceu que, no sábado, 06, ele havia ido até o restaurante Mariza, no centro da cidade, junto com a esposa, comprar marmitex para o almoço da família. Ao abordar o colombiano, que dizia estar a caminho da Argentina, onde se encontraria com a esposa, o rondoniense se ofereceu para lhe pagar o almoço.


Depois de pagar pelas marmitas, e sem abrir nenhuma delas, o pastor separou a que seria doada e entregou ao estrangeiro, acompanhado do tradicional “Deus lhe abençoe”. Em seguida, seguiu para casa.


No mesmo dia, Ivan tomou conhecimento de que sua boa ação havia sido transformada em tentativa de assassinato, ao reconhecer o homem a quem havia ajudado.


Preocupado, ele passou no restaurante onde havia comprado o alimento e o dono confirmou que, naquela data, havia fornecido dezenas de marmitas, sem receber nenhuma reclamação.


Depois disso, o religioso seguiu para a Polícia Civil, a fim de esclarecer o caso. Lá, ele contou que também não encontrou “vidro moído” na comida que ele, a esposa e o filho mais novo haviam consumido.


Eu tentei apenas ajudar uma pessoa que precisava naquele momento. Nunca imaginei que passaria por esse constrangimento todo. Mas, Deus sabe o que faz. Espero que o rapaz fique bem e chegue em paz ao seu destino na Argentina”, comentou o missionário.

 


WWW.RONDONIATUAL.COM: Este site acompanha diversos editoriais. Todos as notícias veículadas aqui são tratatas como simples suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Não nos responsabilizamos por quaisquer comentários de nosso internautas.

Retirar notícia: Entre em contato, enviando-nos o link da matéria.

CONTATO: contato@rondoniatual.com

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo