Celular explode e mata menina de 10 anos; ela teve 40% do corpo queimado

0 1.414
Aparelho estava conectado na tomada e teria provocado um incêndio no cômodo onde estava a criança de 10 anos e uma criança de apenas dois anos.

A menina de 10 anos que sofreu graves queimaduras após a explosão de um aparelho celular, conectado na tomada, não resistiu aos graves ferimentos e morreu neste domingo (25), no Hospital Geral do Estado (HGE), onde estava internada desde o dia do acidente, no dia 15 de julho.

A confirmação do óbito foi feita pela assessoria de comunicação do hospital.

BANNERCAMAROTE

De acordo com as informações, Geovana Pereira estava dormindo no cômodo que foi tomado por chamas após a explosão do aparelho, no município de Pão do Açúcar, em Alagoas.

A criança ainda teria ajudado o irmão, de apenas dois anos, e retirado ele do quarto. Ele teve lesões leves enquanto Geovana sofreu queimaduras de 2º e 3º graus em 40% do corpo.

A explosão do aparelho de telefone celular deixou dois irmãos feridos em uma residência localizada na cidade de Pão de Açúcar, no Sertão de Alagoas. O fato aconteceu no último dia 15 de Julho.

Na ocasião, informações repassadas por familiares deram conta de que a explosão do aparelho, que estava conectado na tomada, teria provocado um incêndio no cômodo onde estava a criança de 10 anos e uma criança de apenas dois anos.

Fonte: Alagoas 24 horas