JARU: Foragido tenta enganar polícia com documento falso, mas acaba preso

O homem de 27 anos, portava cigarros de maconha e estava foragido da justiça, tentou usar o documento falso para não ser identificado.

0 96

Na noite desta segunda-feira(26), a Polícia Militar (PM) prendeu um homem que possuía, em seu desfavor, um mandado de prisão em aberto. Ele foi abordado na RO 463 (linha 623), zona rural de Jaru, quando conduzia um veículo GM/Corsa de cor prata.

Após os militares receberem uma solicitação da central de operações para que fosse feito um patrulhamento na RO 463 próximo ao km 10 sentido ao município de Governador Jorge Teixeira, onde segundo uma denúncia anônima, que desde de domingo(25) teria um veículo Corsa de cor prata rondando a região com homens e que eles seriam ladrões e os sitiantes estavam com medo, que em deslocamento já a alguns quilômetros dentro da RO-463 foi observado pelos Pms um veiculo Celta de cor prata passando rapidamente no sentido contrário da viatura, os policiais então voltaram para realizar uma abordagem para averiguação no veiculo e nos ocupantes.

BANNERCAMAROTE

Durante a abordagem, foi realizada uma revista pessoal no indivíduo e buscas no veículo, dentro do veículo foi localizado um cigarro de Maconha e o condutor de 27 anos apresentou uma CNH, entretanto, os policiais desconfiaram da autenticidade do documento. Após consulta pelo sistema do Denatran, foi observado que a foto do condutor não batia com a foto da CNH que o agente estava, que ao indagar qual seria o nome do abordado, este disse que era o mesmo da CNH, mediante a tentativa de ludibriar por várias vezes a guarnição de serviço, foi feito contato com outros policiais de outras localidades e descoberto que na verdade o elemento se tratava de R.D.S.S, e que realmente o documento apresentado era falso, e também constava em seu desfavor um Mandado de Prisão em aberto.

O veículo GM/Corsa que o foragido dirigia na hora da abordagem encontrava-se com o licenciamento atrasado onde foi confeccionado autos de infrações e logo após foi recolhido ao pátio do CIRETRAN de Jaru.

Diante dos fatos, o homem de 27 anos foi encaminhado à Delegacia de Polícia Judiciária(UNISP) de Jaru, onde foram adotadas todas as medidas cabíveis.

Fonte:portal Theobroma