Artista que participou de novelas da Globo e da Record deixa Vilhena e acaba preso por furto e desacato em Mato Grosso

0 363

Figura conhecida em Vilhena, o ator Thiago Baldini que já atuou em novelas da Globo e da Rede Record, foi preso na manhã desta quarta-feira, 18, em Comodoro, cidade de Mato Grosso a 100 km da divisa com Rondônia. Ele foi flagranteado por furto e desacato.

Thiago foi tema de reportagens reproduzidas pelo PLANETA FOLHA, sendo que na última delas o próprio ator revelou que, embora ganhasse demonstrações de solidariedade, também vinha recebendo ameaças de morte (LEMBRE AQUI).

Conforme apurou o site, em contato com autoridades mato-grossenses, Baldini havia deixado seu celular numa loja de Comodoro para que a tela do aparelho fosse trocada e para a colocação de uma nova capinha de proteção.

Na hora em que foi buscar o telefone, o artista pegou o aparelho e saiu andando, após inventar uma desculpa para pagar pelo serviço: disse que tinha dinheiro para receber da prefeitura de Vilhena. Ele chegou a convidar um funcionário da loja para ir com ele ao paço municipal de Comodoro, onde o prefeito daquele município ligaria para o colega que ocupa o mesmo cargo em Vilhena.

BANNERCAMAROTE

O débito, segundo o argumento de Thiago, seria quitado após Eduardo Japonês (mandatário de Vilhena) fazer um pix para Rogério Vilela, alcaide de Comodoro, que por sua vez pagaria o comerciante.

O lojista, no entanto, não topou a proposta, que lhe pareceu esquisita e inviável, e chamou a Polícia Militar, acusando o denunciado por furto. Baldini foi preso nas proximidades da prefeitura

DESACATO

Levado para a Delegacia de Polícia Civil de Comodoro, onde seria flagranteado apenas por furto simples, o ex-vilhenense complicou sua situação ao ser colocado na carceragem: xingou os agentes de “filhos da puta” e “inúteis” e acabou “fichado” também por desacato.

Na audiência de custódia, que deverá ser realizada ainda hoje, o juiz irá decidir se o acusado ganha a liberdade ou se continuará na cadeia.

Fonte:folha do Sul