PRF registra maior apreensão de cocaína de sua história Em Pimenta Bueno.

0 618

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Rondônia, no fim da noite de terça-feira (5), realizando atividade de policiamento ostensivo na BR 364, próximo ao km 194, área urbana do município de Pimenta Bueno interceptou um carregamento de cloridrato de cocaína sendo transportado por um homem, de 30 anos, que viajava em um caminhão de sua propriedade. Uma equipe realizava ronda noturna, com objetivo de prover maior segurança viária aos usuários da rodovia federal, quando decidiu realizar abordagem ao veículo de carga. Durante as inspeções de trânsito (sistema de iluminação, pneus, documentação), a guarnição observou alterações nas características originais do veículo. A expertise da PRF em Pimenta Bueno foi fator determinante para o sucesso dessa ocorrência. Diante do nervosismo e informações desencontradas prestadas pelo condutor do caminhão, os policiais decidiram realizar buscas pormenorizadas e encontraram compartimentos secretos carregados com mais de 500 tabletes da droga. As embalagens eram ilustradas com duas imagens: a primeira, em preto e branco, é uma foto do gângster ítalo-americano Al Capone. Já a imagem colorida traz o rosto do traficante mexicano “El Mencho”, procurado internacionalmente com recompensa de U$ 10 milhões por sua prisão.

BANNERCAMAROTE

No total, 609 KG da droga ilícita, que eram transportados escondidos no compartimento de carga foram encontrados e encaminhados à Polícia Civil para destruição. O infrator foi conduzido e permanecerá à disposição da Justiça. Esta é a maior apreensão de cocaína da história da PRF em Rondônia. O recorde passado foi registrado no final de 2021, no município de Porto Velho, quando 398 quilos da droga ilícita foram identificados em um caminhão baú. Conforme estimativa do Departamento de Polícia Rodoviária Federal, o quilo da droga ilícita está avaliado em R$ 180.000,00. O prejuízo estimado aos criminosos é superior a R$ 100 milhões.

Vídeo: