Vídeo: Operação Julius Cesar deflagrada pela PF localiza ouro e dinheiro durante buscas.

Superintendente Regional da PF Rafael Fernandes Souza Dantas Fala Sobre Operação Julius Cesar deflagrada na manhã desta quinta-feira.

0 11

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (09/06/2022), a Operação “Julius Cesar”, visando o combate a grilagem de terras no Estado de Rondônia.

BANNERCAMAROTE

As investigações apontaram fraudes no processo de regularização fundiária de Gleba Pública Federal, localizada na área rural dos Municípios de Pimenteiras do Oeste-RO e Cerejeiras-RO. O esquema criminoso utilizava-se de “laranjas” e falsificação de documentos para fins de obtenção indevida de títulos de domínio rurais e posterior aquisição da propriedade por grandes empresários. Na ação de hoje, cerca de 70 policiais federais cumprem 19 mandados de busca e apreensão e sequestro de bens, em residências e empresas localizadas nos municípios de Vilhena/RO, Pimenta Bueno/RO, Cerejeiras/RO, Ji-Paraná/RO, Porto Velho/RO, Guajará-Mirim/RO e Campos de Júlio/MT. Todos os mandados foram expedidos pela Justiça Federal de Vilhena/RO. Foram, ainda, determinados o sequestro de duas fazendas avaliadas em mais de 278 milhões de reais, assim como a indisponibilidade de valor equivalente a quase 125 milhões de reais. Os envolvidos poderão responder pelos crimes de estelionato em detrimento da União (artigo 171, §3º, do Código Penal), falsidade ideológica (artigo 299 do Código Penal) e de invasão de terras da União (artigo 20 da Lei nº 4.947/66), cujas penas somadas ultrapassam 14 anos. O nome dado a Operação faz alusão a Júlio César (Julius Cesar), o maior conquistador de terras do Império Romano.