Ao tentar fugir de abordagem policial, motorista capota carro lotado de maconha e skank e acaba preso em flagrante

O Homem trafegava em zigue-zague pela Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), em Tarabai (SP), o que chamou a atenção de policiais militares, nesta sexta-feira (10).

0 5

Um homem foi preso em flagrante por tráfico de drogas nesta sexta-feira (10) após capotar o carro que dirigia transportando uma carga de mais de 450 quilos de maconha e skank em uma estrada desativada na tentativa de escapar da abordagem da Polícia Militar em Tarabai (SP). Os policiais militares depararam-se com o carro, com placas de Curitiba (PR), na altura do km 484 da Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), e observaram que o motorista seguia em zigue-zague no sentido Narandiba (SP)–Pirapozinho (SP), o que lhes chamou a atenção. Com o objetivo de averiguar a situação do motorista e orientá-lo, os policiais deram-lhe sinais luminosos e sonoros para que parasse, mas o condutor tentou fugir e jogou o veículo em uma estrada desativada paralela à rodovia.

BANNERCAMAROTE

Devido à velocidade em que trafegava e ao desnível do local, o veículo capotou e o motorista embrenhou-se no meio de uma mata para escapar dos policiais. Ele deixou o carro para trás e, durante a vistoria no veículo, os militares encontraram os tabletes e pacotes com a carga de maconha e skank dentro do automóvel. Depois de aproximadamente uma hora de buscas pelo local, os policiais encontraram o motorista, de 21 anos, deitado no meio da vegetação e o prenderam. O preso, o carro e a carga de drogas foram levados à Delegacia da Polícia Civil, em Tarabai, onde houve o registro do flagrante.

Segundo a Polícia Militar, o rapaz alegou que transportaria as drogas de Umuarama (PR) para Uberlândia (MG) e que receberia R$ 2 mil pelo serviço. Em razão do capotamento do veículo, o preso chegou a ser encaminhado a uma Unidade Básica de Saúde (UBS), onde foi constatado que ele não tinha nenhum ferimento. No total, foram apreendidos 430 quilos de maconha e 25 quilos de skank, que é um tipo de droga com efeito sete vezes superior ao da maconha tradicional por apresentar elevada concentração de tetraidrocanabinol (THC).