Brasileira presa na Tailândia pode ter pena aumentada se não pagar multa de R$109 mil

Mary Hellen Coelho, de 22 anos, foi condenada a 9 anos e 6 meses após ser flagrada com drogas no país asiático

0 7

A brasileira Mary Hellen Coelho, condenada por tráfico de drogas na Tailândia, pode ter a pena aumentada se não pagar uma multa de 750 mil bahts, o que corresponde a R$109 mil com a cotação atual.

Em maio deste ano, a jovem, de 22 anos, recebeu uma sentença de 9 anos e 6 meses de prisão, sendo 2 anos por crime civil mais multa e 7 anos e 6 meses no âmbito criminal. Segundo o advogado de defesa, Telêmaco Marrace, caso Mary Hellen ou a família não arrecade o valor, a pena pode chegar a 11 anos. “Se ela não pagar, será punida com prisão em vez da multa: 500 bahts por dia. Dessa forma, ela teria que cumprir 1500 dias, além da pena principal. O que, na soma, dá os 11 anos”, explicou.

BANNERCAMAROTE

Ainda de acordo com Marrace, quando a jovem terá a oportunidade de trabalhar na prisão e , quando completar um terço da pena, os advogados podem pedir o perdão real junto à majestade tailandesa e reduzir o tempo na prisão.

A reportagem encontrou em contato com a irmã da jovem, Mariana Coelho, que disse a família ainda não organizou campanhas para tentar arrecadar o dinheiro.