Funcionário recebe 281 milhões por engano, se demite e foge.

0 17

Imagine-se na seguinte situação: chegou o dia do pagamento de seu salário e a empresa acabou de fazer o depósito do valor na conta.

No entanto, quando você vai conferir o saldo, percebe que há bem mais do que deveria ter ali. O que você faria?

Um homem, funcionário de uma empresa de frios do Chile, decidiu pedir demissão e fugir com o dinheiro, transferido para ele por engano. A quantia? 281 milhões de pesos chilenos, equivalentes a cerca de R$ 1,6 milhão.

O caso foi publicado pelo jornal argentino Clarín, o qual afirma que a empresa acionou a Justiça para reaver o valor perdido em meio ao erro na transferência do valor milionário, provocado pelo setor de recursos humanos da companhia.

Ainda de acordo com o veículo de comunicação, o homem só descobriu a quantia milionária quando recebeu o salário de maio e sua primeira reação teria sido esconder que tinha recebido o dinheiro.

BANNERCAMAROTE

No entanto, não demorou para que a empresa percebesse o erro, a qual informou que o mesmo tinha que devolver o recurso. Porém, no dia combinado para fazer a devolução, ele não compareceu à agência bancária para entregar o dinheiro que já havia sacado.

“Ligaram para ele centenas de vezes, até que ele atendeu e comentou que tinha adormecido. Eles continuaram esperando, mas o dia passou sem nenhuma resposta”, relatou a matéria do Clarín.

Após ficar vários dias sem entrar em contato, um advogado apareceu foi até a empresa e afirmou que seu cliente não estava convencido a devolver o dinheiro pois o erro teria partido da própria companhia.

Após a afirmativa, a empresa entrou com uma ação judicial e denunciou o homem por “apropriação indevida”. Diante do tribunal, a companhia alegou que mesmo tendo sido um erro, não justificaria o funcionário ficar com o dinheiro e insistiu que o mesmo é obrigado a devolver o valor milionário ao “legítimo proprietário”.

 Fonte: Diário Online