“Loira do crime” que seduzia caminhoneiros em região próxima a Vilhena é presa dentro de igreja em Mato grosso

Além de liderar o grupo, Gresiane também atuava como “isca” para os caminhoneiros

0 0

Gresiane Alves Teixeira, mais conhecida como ‘Loira do Crime’, foi presa dentro de uma igreja em Várzea Grande, na última quinta-feira, 07, pela Polícia Civil de Mato Grosso, em ação da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO).

Considerada foragida da Justiça, Gresiane tem condenação por roubo de carga e estava com o mandado de prisão expedido pela 5ª Vara Criminal de Várzea Grande por descumprimento de medidas impostas pela Justiça.

A “Loira do Crime” é conhecida da polícia pelas passagens criminais, sendo alvo de várias investigações em andamento que apontam a participação dela em crimes de roubo de carga.

BANNERCAMAROTE

Além de liderar o grupo, Gresiane também atuava como “isca” para os caminhoneiros nas rodovias onde o grupo atuava.

Entre os crimes cometidos, ela teve participação no roubo de uma carga de bebidas, ocorrido no ano de 2018 no município de Comodoro, a 110 km de Vilhena, sendo condenada junto aos demais coautores a seis anos de reclusão em regime fechado pela prática do crime.

O delegado da GCCO destacou que mesmo com a condenação, a suspeita continuava na atividade criminosa atuando em roubos de carga com restrição de liberdade das vítimas. “É uma prisão importante, que vai auxiliar o outras investigações em andamento contra a investigada”, disse o delegado.

Fonte: Por Dentro De Rondônia