Polícia Civil pede ajuda para localizar casal investigado em inquérito que apura assassinato na capital

0 148

Mônica Figueiredo Jorge, 28 anos, Rennel Calixto dos Santos, 22 anos, estão sendo procurados por policiais da 2ª Delegacia de Homicídios de Porto Velho, coordenados pelo delegado Cícero Cavalcante, suspeitos de terem envolvimento na morte de Marcos Roberto Cerqueira de Souza, 29 anos, encontrado morto e enrolado em um lençol, na noite do dia 25 de março de 2021, no setor chacareiro do Bairro Jardim Santana, na Zona Leste da capital. Ele estava com pés e mãos amarrados.

BANNERCAMAROTE

Após o crime, os policiais da 2ª Delegacia de Polícia Civil iniciaram as investigações para apurar a morte. Mônica e Rennel, que tinham um relacionamento na época dos fatos, estavam sendo investigados no inquérito policial.

Conforme apurado pela Polícia, o casal teria procurado um membro de uma facção criminosa que atua no Orgulho do Madeira, e relatou que Marcos teria abusado sexualmente da filha de Mônica.

Ao casal, o criminoso disse que o suposto estupro praticado por Marcos seria resolvido. No dia seguinte, Marcos estava em um dos blocos do condomínio, quando foi abordado pelos criminosos.

O homem foi levado para seu próprio apartamento, onde foi amarrado, torturado e morto. Após assassinar Marcos, os criminosos enrolaram o corpo da vítima em um lençol e abandonaram no setor chacareiro no Bairro Jardim Santana.

Durante as investigações, os policiais descobriram que Mônica e Rennel teriam fugido da cidade. Por conta disso, o delegado Cícero Cavalcante representou pela prisão temporária dos dois investigados.

Agora, os dois estão sendo procurados pela Polícia. Qualquer informação que possa levar até o paradeiro de Mônica e Rennel, pode ser repassada através do 197 da Polícia Civil, sem precisar se identificar.