Mulher corta pescoço do amante e usa sangue para deixar recado: “era ele ou eu”

0 499

BANNERCAMAROTE

Mulher de 28 anos, identificada pelas iniciais T.N.L, foi presa nessa segunda-feira (29) acusada de dopar o amante, identificado como F.D.S, 34 anos, cortar o pescoço e usar o sangue para deixar “recado” na parede da casa, em Mineiros (426 km da Capital).

De acordo com a ocorrência, o corpo foi encontrado jogado num terreno baldio nas proximidades da casa da vítima no último dia 19. Em seguida, após a identificação do cadáver, a polícia foi ao endereço dele e encontraram a mensagem: “era ele ou eu. Ia me matar”, escrita na parede com o sangue da vítima.

Durante as investigações, a polícia descobriu que a vítima tinha um relacionamento extraconjugal com outro homem e também com uma mulher.