Apostas online no Brasil: Qual o perfil do apostador médio?

O mercado global de jogos de azar online está se expandindo diariamente e o Brasil é apenas um dos locais onde as apostas são cada vez mais populares. Embora o foco principal dos seus apostadores sejam as apostas esportivas, os jogos de cassino também estão crescendo consideravelmente.
Mas qual é a idade média do apostador brasileiro? O que faz com que ele escolha determinado site de apostas? O que o motiva para que aposte em starcraft ao invés de outros jogos? Quanto tempo costumam passar apostando? Qual seu gasto mínimo? Todas essas perguntas ajudam a construir o perfil do apostador médio brasileiro e lhe permitem ter noção dos fatores que impactam para o crescimento do mercado.
Quais os jogos de cassino mais populares entre os brasileiros?
Nos Cassinos Online, os apostadores não se limitam a apenas um jogo, mas sim a vários. É por esta razão que 67% dos apostadores brasileiros afirmam que jogam em modalidades
como Blackjack, enquanto 78% também realizam ao menos 1 rodada na Roleta. Apesar de menores populares, os jogos de mesa (64%), caça-níqueis (63%), Vídeo Pôquer (61%) e cassino online (50%) também são parte muito atrativos, especialmente quando acompanhados por bônus de boas-vindas e promoções de jogadas gratuitas.
Qual é o tamanho da aposta e a frequência de jogadores brasileiros comuns? O tamanho e a frequência das apostas dos jogadores ajudarão os operadores de cassino online a definir limites de apostas, além de fazer projeções de receita e outras previsões.
Segundo informações da Statista, mais de 60% dos apostadores online brasileiros que responderam pesquisas no início de 2022 relataram ter apostado em média menos de 100 reais por mês. 17% afirmaram que apostam entre 100 e 200 reais, enquanto 10% dos respondentes da pesquisa afirmaram apostar mais de 500 reais mensalmente.
Essa ideia de que a maioria dos jogadores não está investindo dinheiro é semanalmente reforçada pela frequência da grande maioria. Os usuários médios, 48% do mercado, costumam apostar entre 1 a 3 vezes por semana. Já os “super heavy” (18% dos apostadores) apostam ao menos 1 vez por dia.
Qual a motivação dos apostadores brasileiros?H á uma série de razões diferentes para os jogadores online apostarem em slots ou eventos esportivos. Principalmente, é visto como uma forma de entretenimento – uma maneira de relaxar e se divertir, especialmente se conseguem obter bônus e outras ofertas.

As informações da Pesquisa “Brazilian Player: o mercado de apostas esportivas no Brasil” indicam que 60% dos apostadores utilizam os eventos como forma de diversão, enquanto 52% enxergam como uma forma de aumentar a renda. Apenas 1/3 dos entrevistados afirmaram que viam as apostas como forma de interação social, diferenciando o apostador brasileiro dos apostadores de outros países.
O futuro dos apostadores brasileiros está no celular. Não será surpresa que cada vez mais as apostas baseadas em dispositivos móveis estejam assumindo o controle. De acordo com a pesquisa do BtoBet, em janeiro de 2021, 160 milhões de usuários de internet foram registrados no Brasil, com o número de usuários aumentando significativamente em 9,6 milhões (+6,4%) entre 2020 e 2021.

De acordo com um levantamento da empresa Casa de Apostas, 95% das pessoas usam o celular para fazer apostas. E como muitas outras indústrias, o futuro do jogo está online, e o futuro do iGaming é móvel. Como resultado, os desenvolvedores de jogos estão projetando títulos otimizados para dispositivos móveis – e até mesmo para dispositivos móveis.
Quais os esportes favoritos do apostador médio no Brasil?
Em suma, o público de cassinos e apostas esportivas tem os mesmos gostos, seja online ou offline. As preferências do jogador, como níveis de engajamento, variam dependendo da região, mas uma coisa é certa:
O Futebol é o esporte mais popular do país, com 81% dos apostadores fazendo, ao menos, 1 palpite mensalmente. O 2º esporte mais popular do Brasil é o Basquete, com 33%, e em seguida vêm os eSports (29%).
Então, quem é o apostador online médio brasileiro?
Na maioria das vezes, a primeira imagem que vem à mente é provavelmente correta: um homem jovem. No há cada vez mais razões para considerar que o perfil médio se aproxima do sexo feminino e também aqueles em outras faixas etárias maiores, além dos 20 a 25 anos.
Principalmente porque, segundo o Statista, aproximadamente 19% dos entrevistados tinham 40 anos ou mais.
Além disso, a maioria dos jogadores no Brasil eram mulheres, com 51,5 por cento dos jogadores que responderam identificados com o gênero feminino. Os homens representaram 48,5 por cento dos entrevistados.
No final do dia, o jogo é uma fonte de oportunidades iguais de entretenimento. Portanto, as operadoras precisam considerar as necessidades de todos os seus clientes – desde os clientes que apenas jogam com eles, até aqueles que estão ativos em um número maior de contas – para cumprir as expectativas.

  • Receba as notícias do Rondônia Atual no seu WhatsApp, clique aqui.
  • Para acompanhar e seguir o Rondônia Atual no Facebook, clique aqui.