Empresário vítima de explosão de lancha em MT morre no hospital

O empresário Douglas Zache, 30 anos, morreu nesse sábado (08), após ficar 13 dias internado em uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) de Lucas do Rio Verde (354 km de Cuiabá). Ele tinha sido vítima da explosão de uma lancha, no dia 24 de setembro, no Lago do Romancin.

Nas redes sociais, familiares e amigos lamentaram a morte de Douglas. “Descansa em paz meu amigo. Que Deus te receba de braços abertos e conforte o coração de todos os familiares”, escreveu um amigo.

Douglas e outras três pessoas estavam na lancha no momento da explosão. A arquiteta Rita de Cássia Fernandes Lírio, 25 anos, morreu na hora, carbonizada. O marido dela, Pablo Patrick, 27 anos, segue internado em uma UTI do hospital São Lucas.

A outra vítima da explosão, Vinícius Lopes Marcari, está hospitalizado no Hospital Regional de Sorriso, e seu estado é estável. A esposa dele, Andressa, pediu ajuda de amigos e conhecidos para custear a estadia em Sorriso pelo tempo que durar a internação.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a lancha onde estavam as vítimas explodiu depois que alguém tentou dar partida no veículo aquático. Com a força da explosão, as vítimas foram arremessadas para fora do barco.

A Marinha do Brasil anunciou que deu início às investigações que poderão revelar o que causou a explosão da embarcação.

  • Receba as notícias do Rondônia Atual no seu WhatsApp, clique aqui.
  • Para acompanhar e seguir o Rondônia Atual no Facebook, clique aqui.