‘Homem mais sujo do mundo’ morre aos 94 anos

De acordo com a imprensa iraniana, o idoso morreu neste domingo, 23, em um vilarejo de Dejgah, na província de Fars, no sul do Irã. Ele morava em uma cabana construída por moradores da região.

Clique aqui e entre em nosso grupo do whatsapp

O homem era solteiro e não se lavava por ter medo de “ficar doente”. Sua vida, inclusive, foi foco de um documentário curta-metragem com o título “A Estranha Vida de Amou Haji”, lançado em 2013.

Ele evitava comer alimentos frescos, se alimentando com carcaças de animais fervidos. Além disso, ele também não tomava água limpa, como explica o portal Fars News.

Em entrevistas locais, ele também afirmou fumar fezes de animais usando um cachimbo. Na falta do esterco, ele fumava cigarros convencionais, mas vários de uma vez.

Por Terra

You cannot copy content of this page