Duas jovens são executadas com tiros na cabeça e com as mãos amarradas pra trás; Imagem forte

672

As duas jovens sequestradas e executadas na tarde desta quarta-feira (23), no bairro Parque 10, na zona Centro-Sul de Manaus, foram identificadas. Andreza de Souza do Nascimento e Fabíola de Souza do Nascimento, eram irmãs e moravam em Iranduba, interior do Amazonas.

Segundo informações preliminares, as irmãs teriam sido sequestradas em Iranduba e trazidas para Manaus para uma “reunião de cobrança” do tráfico de drogas.

As duas já tinham passagens pela Polícia após terem sido abordadas em flagrante pela Secretaria Executiva Adjunta de Operações Integradas (Seaop-AM) em fevereiro deste ano durante a operação ‘Cidade Mais Segura’ que aconteceu no município de Iranduba.

Andreza e Fabíola foram presas com mais três pessoas por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas, além de estarem com participantes de um homicídio no município.

As duas deixam filhos pequenos e uma família angustiada que não entende como as irmãs se envolveram com a criminalidade.

Relembre o caso 

Na tarde desta quarta-feira (23), duas jovens, não identificadas, foram sequestradas, torturadas, posteriormente jogadas de um carro e mortas com tiros na cabeça. O caso aconteceu na Rua Ibere Camargo, conjunto Shangrila 4, bairro Parque 10, na zona Centro-Sul de Manaus. 

De acordo com informações preliminares, as duas tiveram as mãos amarradas para trás, suplicaram pela vida, mas foram crivadas de bala.

 

BANNERCAMAROTE
  • Receba as notícias do Rondônia Atual no seu WhatsApp, clique aqui.
  • Para acompanhar e seguir o Rondônia Atual no Facebook, clique aqui.