Caminhoneiro que atropelou mulher durante ato na BR-364, é indiciado por tentativa de homicídio

A Polícia Civil do Estado de Rondônia (PCRO), por intermédio da 1ª Delegacia Regional de Cacoal, flagranteou o caminhoneiro, de 32 anos, por homicídio tentado, qualificado tanto pelo perigo comum gerado, quanto por tornar impossível a defesa do ofendido.

Na noite desta quarta-feira (30), o homem dirigia a carreta I/VOLVO FH 440 6X4T, quando acelerou o veículo na direção de um grupo de manifestantes e acabou atropelando uma mulher de 53 anos, na BR-364, em Cacoal. O conduzido evadiu-se do local e acabou sendo capturado pela Polícia Militar.

A vítima foi socorrida ao Hospital. Ela sobreviveu e apresenta até o momento, um forte ferimento na cabeça.

O delegado plantonista, Fabio Moura de Vicente, atendeu a ocorrência. Ele não arbitrou fiança e justificou que “além de lesionar a referida vítima, ele ensejou diversos danos a veículos e outras instalações das pessoas que ali se encontravam reunidas em manifestação. O conduzido só não lesionou ou até mesmo matou outras pessoas por circunstâncias alheias a sua vontade. Por esse motivo, o indiciamento duplamente qualificado.”

Os agentes da Delegacia Regional de Cacoal já apresentaram vídeos, anteriores ao fato, onde o caminhoneiro ameaçava não parar em barreiras. O relatório foi apresentado à autoridade policial, que por sua vez, instruiu os autos, pedindo pela conversão da prisão em flagrante para prisão preventiva.

O caminhoneiro foi preso e encaminhado ao Sistema Prisional onde permanecerá à disposição da Justiça.

Fonte: JaruOnLine

  • Receba as notícias do Rondônia Atual no seu WhatsApp, clique aqui.
  • Para acompanhar e seguir o Rondônia Atual no Facebook, clique aqui.