‘Patricinha viajada’ é presa ‘até o talo’ de maconha em aeroporto

maconha, do tipo skunk, dentro de uma mala no Aeroporto Internacional de Manaus, na madrugada desta terça-feira (21). Segundo o órgão, a bagagem pertencia a uma mulher.

A mala foi selecionada pela equipe da Receita Federal após suspeita dos agentes. Os cães de faro da Equipe K9, Deco e Odin, indicaram a presença de drogas na bagagem, o que foi confirmado depois do uso do escâner e da verificação física.

De acordo com a Receita Federal, a mala continha 20,6kg de maconha do tipo skunk e pertencia a uma mulher que tinha São Paulo como destino.

Um dos fatos que chamou a atenção da fiscalização foi que a passagem havia sido comprada na tarde do dia anterior, no balcão de uma companhia aérea.

A mulher foi presa e deve responder pelo crime de tráfico de entorpecentes.