Mulher que mandou matar o marido planejou o crime com Pai de Santo em terreiro, diz delegada em vídeo

Uma trama macabra envolvendo uma esposa infiel e um pai de santo está chocando a cidade de Manaus. A Polícia Civil anunciou nesta quinta-feira (30) que Dinorah Belém Pinto Alves, de 59 anos, foi presa juntamente com Lucas Lima da Fonseca, de 25 anos, acusados de envolvimento na morte do próprio marido, o motorista de ônibus Luís Pinheiro Alves, de 62 anos.

Inicialmente, a família da vítima relatou que Luís Pinheiro havia sido vítima de uma tentativa de assalto enquanto se dirigia para o trabalho. No entanto, as investigações da Polícia Civil apontaram para um crime de encomenda. De acordo com as informações divulgadas pela polícia, Dinorah teria contratado Lucas para matar o próprio marido. O mais perturbador é que ela teria sido aconselhada a cometer o crime por meio de um “pai de Santo” identificado como Sidney, que ainda está foragido.

Sidney teria arquitetado o crime, apresentando Dinorah a Lucas em um terreiro de candomblé, inclusive informando os horários em que o motorista de ônibus saía para o trabalho, informou a delegada adjunta da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) Débora Barreiros. A investigadora também afirma que esposa da vítima também mantinha um relacionamento extraconjugal com um outro rapaz não identificado na coletiva.

Clique aqui e entre em nosso grupo do whatsapp

Lucas Lima abordou Luís Pinheiro no bairro Coroado, zona leste de Manaus, e efetuou disparos de arma de fogo contra ele. Luís não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A Polícia Civil também investiga o envolvimento de outras pessoas no crime.

O caso está chocando a população de Manaus, que nunca imaginaria uma trama tão macabra e cruel. O pai de santo foragido e a esposa infiel estão sendo repudiados pela sociedade local, que espera que a justiça seja feita. A Polícia Civil continua investigando o caso para apurar todas as circunstâncias do crime.