Polícia Civil prende fisioterapeuta suspeito de aliciar pacientes

A Polícia Civil do Estado de Rondônia, por intermédio da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher – DEAM, deflagrou na manhã desta segunda-feira (03/04) a operação Higia que resultou na prisão do fisioterapeuta W. Dos S. S., 29.

Segundo as investigações, o profissional é suspeito de aliciar clientes.

O inquérito policial se iniciou a partir da denúncia de uma paciente que possuía uma trauma no joelho.

A vítima narrou que, ao ser avaliada, o profissional da saúde tentou beijá-la, tirou o sutiã e deitou em cima da dela, beijando o seio da vítima, mesmo que ela estivesse rejeitando a conduta.

Os policiais da delegacia especializada passaram a acompanhar os passos do profissional e identificaram a veracidade da denúncia. Diante das informações, a autoridade policial João Gustavo representou pela prisão do suspeito, que foi deferida pela justiça.

Clique aqui e entre em nosso grupo do whatsapp

Na manhã desta segunda-feira, os agentes da DEAM de Ariquemes prenderam o suspeito enquanto ele iniciava suas atividades na clínica de Fisioterapia e Pilates.
A Polícia Civil solicita que caso haja outras vítimas da mesma conduta, procurem a DEAM de Ariquemes.

O nome da operação Higia (Deusa da saúde, segundo a mitologia grega) faz referência a Deusa que tem por interesse cuidar da saúde como é também função da Polícia Civil, em nome do estado, proteger a população do Vale do Jamari da conduta delituosa.

Fonte: PCRO