Homem finge ser agente de saúde para estuprar e roubar mulheres

Um suspeito de se passar por um agente de saúde é procurado pela Polícia Civil na capital goiana. O homem é acusado de entrar em uma residência, estuprar, roubar e agredir os moradores. Imagens de câmeras de segurança registraram o suspeito nas proximidades da residência.

O caso aconteceu em agosto de 2022 e a imagem do suspeito foi divulgada pela corporação para ajudar nas investigações. O caso é apurado pelo delegado Fabrício Rodrigues, do Grupo de Repressão a Roubos (Garra), da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic).

Conforme a investigação, no momento do crime, haviam duas mulheres e um homem na residência. De acordo com o delegado, o suspeito rendeu os moradores com um facão, agrediu duas vítimas e estuprou uma delas. O criminoso ainda teria levado R$ 2 mil e dois aparelhos celulares.

Segundo Rodrigues, o homem entrou apenas nesta casa. Até o momento, ele não foi localizado. A polícia pede que a população ajude a encontrá-lo.

 

“As imagens foram coletadas pelos policiais civis da DEIC nas proximidades da residência da vítima”, informa o investigador. A Deic disponibiliza os telefones (62) 3201-1140 e (62) 98406-6523, além do Disque-denúncia 197, para denúncias.