Polícia Federal deflagra mais uma operação Lesa a Pátria, entre os alvos, pastor e cantora gospel

Entre as pessoas presas na manhã desta quinta-feira (17), pela Polícia Federal (PF), por causa dos atos criminosos do 8 de janeiro, estão um pastor evangélico, uma cantora gospel e influenciadores da internet.

De acordo com fontes da PF, o pastor evangélico Dirlei Paiz, que fez diversas publicações em redes sociais contra o presidente Lula, e a cantora gospel Fernanda Oliver, que transmitiu a invasão do 8 de janeiro ao vivo em redes sociais, estão presos.

A 14ª fase da Operação Lesa Pátria acontece nesta manhã em cinco estados, Bahia, Goiás, Paraíba, Paraná, Santa Catarina e o Distrito Federal.

Os alvos desta fase são suspeitos de terem fomentado o movimento chamado de “Festa da Selma”, o codinome previamente utilizado para se referir às invasões.

Clique aqui e entre em nosso grupo do whatsapp

A PF informou que o termo Festa da Selma foi utilizado para convidar e organizar transporte para as invasões, além de compartilhar coordenadas e instruções detalhadas para a invasão aos prédios públicos. O movimento deu recomendações para que os vândalos não levassem idosos e crianças e se preparassem para enfrentar a polícia.

O grupo utilizava termos como “guerra”, “ocupar o Congresso” e “derrubar o governo constituído”.

CNN