Prostituta é esfaqueada no pescoço ao recusar programa com homem gordo

Uma mulher de 24 anos foi esfaqueada no pescoço, após negar fazer um programa a um cliente no bairro Jardim Belo Horizonte, em Rondonópolis (212 km de Cuiabá), na madrugada desta quinta-feira (31). A vítima é profissional do sexo.

Conforme a polícia, o crime aconteceu por volta de 1h30. Aos policiais, a profissional do sexo contou que trabalhava na rua, quando foi abordada por “um homem gordo em uma motocicleta”.

Segundo ela, o homem queria contratar um programa sexual, mas ela decidiu negar e nesse momento o chamou de “gordo”, de forma pejorativa.

Diante da negativa da mulher, o “cliente” foi embora, mas retornou minutos depois em posse de uma faca. Então golpeou a prostituta no pescoço, causando um ferimento grave.

Clique aqui e entre em nosso grupo do whatsapp

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e encaminhou a vítima para uma Unidade de Pronto Atendimento (Upa) do município. 

A polícia realizou rondas nas proximidades do local, mas o agressor não foi localizado. 

O caso foi registrado como tentativa de homicídio, a Polícia Civil apura o crime.

You cannot copy content of this page