Polícia prende autor dos tiros contra segurança na Expo Show Norte em Ouro Preto do Oeste

A Polícia Civil de Rondônia, através da delegacia de Ouro Preto do Oeste/RO, prendeu na manhã desta quinta-feira (05/10) a pessoa de iniciais D. O. S., 34 anos, autor da tentativa de homicídio praticado contra um segurança que trabalhava no Parque de Exposição Expo Show Norte, na manhã do dia 11 de agosto.

Na ocasião, a vítima Adriano Cordeiro da Silva, 28 anos, foi surpreendida por dois elementos no final da madrugada festiva, momento em que um dos autores efetuou diversos disparos de pistola calibre 9mm.

A vítima conseguiu correr e o atirador fugiu de motocicleta com a ajuda do comparsa, o qual também foi identificado pelos investigadores. 

A vítima foi socorrida em estado gravíssimo e conseguiu sobreviver graças à rápida atuação do Corpo de Bombeiros e profissionais da saúde do hospital municipal.

Adriano levou um disparo nas costas que atravessou atingindo a região lateral do estômago, o intestino, o pâncreas e saiu pela barriga. Depois, o segurança foi transferido para Ji-Paraná, e permaneceu em uma UTI até se recuperar do atentado sofrido.  

Segundo o delegado Niki Locatelli, o empenho dos investigadores foi fundamental para elucidação do crime, pois ao confrontar o atirador com as provas colhidas no inquérito, o mesmo não viu outra saída se não confessar o crime.

Adriano não era contratado da diretoria do parque. Ele foi alvejado por dois criminosos dentro de uma barraca a aproximadamente 70 metros da tenda de um empresa de internet.

DURANTE PERSEGUIÇÃO AOS ATIRADORES VIATURA DA PM BATEU EM UMA PPICAPE

Durante a perseguição a dupla que atirou em Adriano a viatura da Polícia Militar acabou se envolvendo em um acidente de trânsito no cruzamento da avenida Governador Jorge Teixeira de Oliveira com a rua Aluízio Ferreira, impedindo a continuidade do acompanhamento aos motociclistas que evadiram pela Rua Aluízio Ferreira.

Um dos seguranças do parque relatou aos policiais que viu quando dois indivíduos entraram no parque pelo acesso que fica em frente a Faculdade Uneouro, ambos estavam com capacete na cabeça e se dirigiram direto para o local onde a vitima estava trabalhando de guarda, e dispararam várias vezes contra Adriano, em seguida saíram correndo retornando pelo mesmo local de onde surgiram.

Quando a dupla retornava o portão estava fechado e eles então pularam o portão para sair do interior do parque. Dois peritos da Polícia Técnico-Científica (Politec) da Polícia Civil estiveram no local e realizaram a perícia na cena do crime.

Fonte: correio central