Estelionatários clonam WhatsApp de dois depósitos de gás

A ousadia dos criminosos a cada dia surpreende mais pela criatividade. Dois depósitos de gás de Jaru foram vítimas de estelionatários, que clonaram os números de WhatsApp utilizados pelas empresas para tentar aplicar golpes em seus clientes.

O primeiro depósito a cair no novo golpe foi o Tropical Gás e Água, localizado à avenida Florianópolis, no Setor 03 de Jaru. Os criminosos ligaram na última quarta-feira (18/10) no telefone fixo da empresa, onde o golpista se identificou como servidor da Vigilância Sanitaria de Jaru e que tal órgão recebeu denúncia em desfavor daquele depósito e que iria fazer uma visita ao local, mas, para tanto, precisaria de um protocolo que foi enviado para o Whatsapp da empresa. O funcionário passou a ele o número que tinha recebido e, de pronto, o Whatsapp parou de funcionar. Em seguida ele pediu que confirmasse o e-mail, quando o funcionário percebeu que poderia ser golpe e foi tentar abrir o aplicativo, já não funcionava mais, momento que o golpista cessou a ligação,

Passados cerca de 10 minutos, chegaram alguns clientes querendo saber se era verdade sobre uma promoção que a empresa estava fazendo, onde estariam vendendo o gás de cozinha, que custava R$ 128,00, por RS 99,00 no Pix.

Com a certeza de que haviam caído em um golpe, os proprietários da empresa começaram a publicar nos grupos de Whatsapp que era golpe aquela promoção e, por precaução, foram registrar ocorrência na Unisp de Jaru.

Clique aqui e entre em nosso grupo do whatsapp

Os golpistas ainda tentaram aplicar outro golpe nos donos da Tropical, pedindo que pagasse o valor de R$ 1.000,00 que eles devolveriam o número telefônico, mas com receio de cair novamente, não pagaram.

Os proprietários da Tropical Gás entraram em contato com a operadora Claro para tentar bloquear o número, mas como não foi possível, pediram para que várias pessoas denunciassem no Whatsapp que aquele contato estaria aplicando golpes e o número foi bloqueado.

Nesta sexta-feira (20/10), a vítima foi o depósito MS Gás, localizado à rua Rio Grande do Norte, no Setor 01.

Os criminosos usaram o mesmo modus operandi, ligaram se passando por servidor da Vigilância Sanitária e o representante da empresa forneceu o número que havia recebido pelo Whatsapp para que supostamente fosse feito um protocolo e o aplicativo foi clonado.

Os proprietários do MS Gás alertam a população jaruense que os números de WhatsApp da MS gás 3521-2001 e 99263-2001 foram clonados e que as promoções anunciadas nesses contatos não são válidas.

Os clientes que quiserem entrar em contato, usar o WhatsApp de número 99203-2130 ou ligar no fixo 3521-2001.

Fonte: Anoticiamais

You cannot copy content of this page