Homem que sequestrou filha de gerente de banco é encontrado morto

O corpo do brasileiro e ex-apenado Allan Lando Pinto Teixeira, de 49 anos, foi encontrado boiando nas águas do rio Mamoré, na cidade boliviana de Guayaramerín-Beni/Bolívia nas primeiras horas deste domingo, 12. Para confirmação formal, é realizada a coleta papiloscopica.

Neste domingo, por volta de 01h30min o corpo de Allan foi encontrado boiando nas águas proximas do Porto Oficial de Guayaramerín, usado por balsas e embarcações maiores. A Polícia boliviana foi informada do ocorrido, após informações preliminares no local suspeitaram tratar-se de um brasileiro, sendo o caso informado as autoridades policiais de Guajará-Mirim, a tatuagem no braço do corpo encontrado é similar a tatuagem de Allan, mesmo lado de braço. A Polícia tinha conhecimento da fuga de Allan para o lado estrangeiro. O corpo foi removido e um autópsia vai detalhar a causa da morte do brasileiro.

Clique aqui e entre em nosso grupo do whatsapp

De acordo com informações levantadas pelo Jornal O MAMORÉ, após deixar a prisão, Allan meses atrás sofreu tentativa de homicídio quando dispararam várias vezes contra o seu veículo e ele não foi atingido. Nesta semana que passou estava com mandado de prisão temporária em aberto, pois o seu veículo Ford Ka, de cor vermelha, foi usado para sequestrar a filha do funcionário de uma agência bancária nesta última quarta-feira, 8, no município de Guajará-Mirim – RO. Conforme relatos, Allan teria fugido para a cidade vizinha boliviana para não ser preso, enquanto ainda ocorria o sequestro.

Neste domingo, por volta de 01h30min o corpo de Allan foi encontrado boiando nas águas proximas do Porto Oficial de Guayaramerín, usado por balsas e embarcações maiores. A Polícia boliviana foi informada do ocorrido, após informações preliminares no local suspeitaram tratar-se de um brasileiro, sendo o caso informado as autoridades policiais de Guajará-Mirim, a tatuagem no braço do corpo encontrado é similar a tatuagem de Allan, mesmo lado de braço. A Polícia tinha conhecimento da fuga de Allan para o lado estrangeiro. O corpo foi removido e um autópsia vai detalhar a causa da morte do brasileiro.

You cannot copy content of this page