VINGANÇA: Foragido metralhado com 35 tiros tinha executado jovem

Após o homicídio, uma motocicleta de placa NCV-4237 foi encontrada incendiada na região.

Agentes da 2ª Delegacia Especializada em Repressão a Crimes Contra a Vida (DERCCV) estão apurando a execução com 35 tiros do foragido Guilherme Matheus Araújo Nóbrega, 20, ocorrida no começo da tarde desta sexta-feira (01) em uma residência na Estrada dos Japoneses, quilômetro 5,5, linha Cascalheira, na zona rural da capital. O avô dele foi baleado na perna e socorrido ao hospital

Rondoniaovivo apurou que provavelmente a morte de Guilherme foi motivada por vingança, segundo a polícia.

 

Guilherme seria um dos autores da execução, também a tiros, do jovem Renan Marques da Silva, 20, no último dia 13 de junho em uma residência na Rua Tamareira com Paulo Francis, bairro Conceição, na zona Sul de Porto Velho (RO).

Guilherme e um comparsa teriam ido até o local em um veículo modelo Montana de cor preta e praticaram a execução.

Ainda segundo a polícia, o comparsa de Guilherme recentemente foi alvo de ataque a tiros, mas sobreviveu.

Já Guilherme acabou morto nesta sexta-feira (01) com pelo menos 35 tiros de submetralhadora e pistola

Após o homicídio, uma motocicleta de placa NCV-4237 foi encontrada incendiada na região. A Polícia Civil apura se ela teria sido a mesma usada na execução de Guilherme.

VINGANÇA: Foragido metralhado com 35 tiros tinha executado jovem

Fonte: Rondônia ao vivo