Entregaram ao Brasil, um dos maiores traficantes de veículos roubados que morava em Guayaramerin

Um dos maiores assaltantes e traficantes de veículos do Brasil residia na cidade de Guayaramerin, no departamento do Beni.

Trata-se de Jailson Maia dos Santos, 29 anos, conhecido como ‘Diboizinho’. Foi capturado graças a uma operação conjunta entre as forças de segurança do Brasil e da Bolívia.

Ele estava em fuga. A polícia boliviana o repatriou para o seu país, neste domingo, 24.

‘Diboizinho’ foi localizado após a uma briga com sua ex-mulher, que é brasileira. Ele foi localizado pela Polícia da Bolívia na posse do Jeep Renegade raptado durante um assalto na última terça-feira, 19, na zona rural do município de Guajará-Mirim.

O anti-social diante dos policiais bolivianos afirmou que tinha comprado o veículo, que foi apreendido. De acordo com fontes policiais do seu país, ele fugiu da Penitenciária Regional de Nova Mamoré, juntamente com outros presos em 15 de julho de 2022. Assim atravessou a fronteira e começou a viver em solo boliviano.

A Polícia Civil de Guajará-Mirim já tinha informações sobre a participação de ‘Diboizinho’ no roubo do Jeep, e que operava como um dos maiores negociadores de veículos roubados em solo brasileiro.

‘Diboizinho’ tem antecedentes policiais frondosos. Ele tinha dois mandados de captura, um preventivo e outro de captura, relacionados com vários crimes, incluindo: receptação, furto e vários crimes de furto.

Equipes do Núcleo Integrado de Inteligência – NIIF/GEI e do Núcleo de Inteligência – NI, do VI Batalhão da Polícia Militar receberam o procurado em solo boliviano. Uma vez em solo brasileiro, foi transferido para o prédio da Polícia Civil e posteriormente entregue à Penitenciária.