Idoso morre após cair em buraco de 40 metros cavado dentro de casa; ele acreditava ter uma mina de ouro

João Pimenta da Silva, de 71 anos, cavou um buraco de 90 centímetros de diâmetros e 40 metros de profundidade em sua casa, no município de Ipatinga, em Minas Gerais, após sonhar que haveria ouro embaixo da residência. Segundo informações repassadas por vizinhos, o homem teria ficado obcecado com o “sonho profético” e gastado tudo o que tinha.

Um vizinho de João conversou com O Globo e contou que a empreitada teria começado há mais de 1 ano. Arnaldo da Silva afirmou que tentou aconselhar o amigo a desistir da missão devido a sua alta complexidade.

Segundo o vizinho, o homem “vendeu tudo o que tinha em busca desse ouro” com o qual sonhou.

“O seu João há mais de 1 ano está furando esse buraco. Nesse período, ele contratou muitas pessoas para fazer essa escavação. Ele começou pagando R$ 70 por dia quando o buraco era raso, mas quanto mais fundo foi ficando, maiores foram ficando os valores”, disse Arnaldo da Silva.

Clique aqui e entre em nosso grupo do whatsapp

“Agora no fim ele vinha pagando uns R$ 500 para quem entrasse no buraco e ajudasse a tirar terra. Ele havia parado numa pedra muito grande que apareceu no caminho do buraco, complicada de tirar, e houve boato até de que ele vinha falando em procurar dinamite para explodir a rocha”, relembra o vizinho da vítima.

Arnaldo contou que João dizia ter ouvido um espírito que garantiu que no fundo do poço haveria um tesouro. “Eu conversei com ele da última vez e ele disse que, depois dessa rocha, havia um oco onde estariam as pedras de ouro que ele procurava. Disse que recebeu orientações espirituais.”

“Falei para ele tomar cuidado, que era muito perigoso o que ele estava fazendo, que podia haver gases explosivos ali”, relembra o vizinho de João.

 

You cannot copy content of this page