Confirmada morte de mulher atropelada por motorista de caminhão embriagado; condutor fugiu, mas foi localizado e preso

A reportagem confirmou a poucos instantes que a condutora da motocicleta Adrielli Poletini Serafim, de 36 anos, que foi atingida e atropelada por um caminhão na noite deste sábado, 6, em Vilhena, não resistiu aos ferimentos e morreu. O condutor do caminhão, estava sob efeito de álcool, ele foi preso e conduzido para a delegacia de Polícia Civil.

Após bater na motociclista na contramão de direção e passar por cima da vítima, o motorista do caminhão de uma distribuidora de alimentos fugiu sem prestar socorro a vítima. Contudo, populares seguiram o condutor que após trafegar por várias quadras parou e se escondeu.

A PM foi informada e localizou o motorista que foi submetido ao teste do bafômetro, onde apontou resultado de 1.18 m/l de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões, ou seja, estava embriagado.

Dentro da cabine do caminhão baú havia duas garrafas de cerveja vazias. O motorista recebeu voz de prisão e foi conduzido para delegacia de Polícia Civil.

No dia 16 de março de 2022, Andrelica Poletini Serafim da Paz, irma de Adrielli Poletini Serafim, sofreu acidente, quando na ocasião também foi atropelada por um caminhão, ela ficou alguns dias na UTI e não resistiu.

Fonte: extraderondonia