Mãe mata filho autista a tiros e tira própria vida

Dois corpos foram encontrados dentro de um apartamento no edifício Mondrian Antares, em Águas Claras, na noite desta terça-feira (9/1). A informação foi confirmada pela Polícia Civil do Distrito Federal.

Os moradores informaram que um dos apartamentos exalava um cheiro muito forte e suspeitaram que poderia ter algum cadáver no local e acionaram a Polícia Militar do DF (PMDF). Quando invadiram o imóvel, os PMs encontraram o corpo de um homem de 27 anos na sala e outro de uma mulher, de 63, no quarto. Ao lado do corpo dela havia um revólver.

Os dois seriam mãe e filho. O rapaz foi identificado apenas como Cléber. Segundo informações da PCDF, a mulher – que ainda não teve a identidade revelada – teria atirado e matado o próprio filho, que tinha Transtorno do Espectro Autista (TEA) e, sem seguida, se matou.