Adolescente apreendido por feminicídio com golpe de ‘mata-leão’ é achado morto em cela em Ariquemes

 

Um adolescente de 17 anos, apontado como principal suspeito de matar uma jovem com golpe de mata-leão, foi achado morto neste fim de semana dentro da cela onde estava apreendido em Ariquemes (RO), a 200 quilômetros de Porto Velho. O caso é investigado como homicídio doloso.

Segundo a Polícia Militar, o adolescente investigado por feminicídio estava recolhido no Centro Socioeducativo da cidade e, numa cela ao lado, havia outro menor de idade. A suspeita é que esse “vizinho de cela” tenha asfixiado a vítima por cima da grade que separava os dois.

A cela onde o adolescente foi achado morto passou por perícia e o menor suspeito do homicídio foi conduzido até a delegacia de Polícia Civil para prestar esclarecimentos.

Feminicídio com mata-leão

Na última terça-feira (16), o adolescente de 17 anos foi apreendido após confessar ter matado Estefânia Silva do Amaral, de 25 anos, com um golpe de mata-leão.

Segundo apurado pela polícia, a jovem e suspeito estavam em Ariquemes, de passagem, e ambos acomodados num mesmo apartamento.

Durante o primeiro depoimento, o adolescente contou que tomou remédios, teve um “surto” e não lembra muito o que aconteceu, apenas que havia dado um mata-leão em Estefania.