Rondônia integra operação nacional para combate à comunicação ilícita em presídios

Dando seguimento às ações para o fortalecimento da segurança no Estado, aconteceu na quarta-feira (31), na Colônia Agrícola Penal Ênio Pinheiro (Capep), em Porto Velho, a 3ª fase da Operação Mute, uma iniciativa do Ministério da Justiça e Segurança Pública, executado pelo Governo de Rondônia, com o objetivo de coibir possíveis comunicações ilícitas do crime em presídios.

Com iniciativa da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), a operação acontece de forma simultânea em todo o Brasil, dos dias 31 de janeiro a 2 de fevereiro. Em Rondônia, a unidade-alvo, Capep, passou por revista minuciosa, realizada por policiais penais do Grupo de Ações Penitenciárias Especiais (GAPE), um cão farejador, e acompanhamento da Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen), por meio de um policial penal federal.

Clique aqui e entre em nosso grupo do whatsapp

O Governo do Estado reforça o avanço em termos de segurança pública e destaca as ações da Polícia Penal, que fortalece o alinhamento com operações nacionais, impulsionando o combate à criminalidade no Estado, pontuando as operações que o Governo vem realizando; como Operação Reverse, Operação Máximus, Operação Acautelar, entre outras.

Para o secretário da Sejus, Marcus Rito, a operação aprimora a segurança dentro dos estabelecimentos penais, coibindo ações criminosas.

You cannot copy content of this page