Policiais interceptam ônibus sequestrado por venezuelano com 19 passageiros

Policiais militares interceptaram neste sábado, 9 de março, um ônibus interestadual com 19 passageiros que havia sido sequestrado por um cidadão venezuelano de 49 anos. Um cerco foi montado em Cáceres e os policiais conseguiram efetuar a prisão do suspeito sem que nenhuma vítima fosse ferida. Vídeo encaminhado ao Estadão Mato Grosso mostra o momento da prisão.

Conforme o boletim de ocorrência, o ônibus fazia a linha de Goiânia (GO) para Rio Branco (RO) quando o suspeito invadiu a cabine do motorista, já próximo à cidade de Cáceres, e usou uma faca para rendê-lo.

Segundo o motorista, o suspeito afirmava que havia alguém tentando mata-lo no ônibus. Ele também ameaçou o condutor, dizendo que iria cortar sua garganta caso não aumentasse a velocidade. De tempos em tempos, o suspeito puxava o volante, como se quisesse tirar o ônibus da pista.

Enquanto o suspeito estava com o motorista, um dos passageiros conseguiu telefonar para a Polícia Militar e informou sobre o sequestro do ônibus. Neste momento, o sequestrador abriu novamente a porta da cabine e mandou todos os passageiros ficaram nos fundos do ônibus, causando ainda mais pânico entre eles.

Policiais se mobilizaram para montar um cerco próximo ao Terminal Turístico de Cáceres, na entrada da cidade, e pediram apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para fazer a abordagem.

Assim que o ônibus foi avistado, os policiais iniciaram o acompanhamento e deram ordens para que o veículo parasse, mas o sequestrador obrigou o motorista a desviar da barreira. Neste momento, o sequestrador tentou assumir o controle do ônibus, mas não conseguiu.

Aproveitando a distração do suspeito, o motorista abriu a porta do ônibus para facilitar a ação da Polícia Militar. O sequestrador acabou largando o refém, que conseguiu sair do veículo.

Os policiais então passaram a dar ordem para que ele se largasse a arma, deitasse no chão e se entregasse. Porém, o suspeito não obedeceu e ainda tentou novamente render o motorista. Os policiais agiram rápido e usaram da força para conter o suspeito.

Tiros de aviso foram disparados, mas nenhum deles atingiu nem o suspeito nem os reféns.

“O momento e a conveniência favoreceram que toda a ação da polícia militar fosse concluída com êxito com liberação de todos os passageiros e motoristas feitos reféns pelo suspeito sem ferimentos”, diz trecho do boletim de ocorrência.

O suspeito foi levado à Delegacia de Cáceres, onde segue à disposição da Justiça. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Fonte: Estadão