Homem é preso por mutilar mulher com corte em formato de cruz durante ritual satânico

 

Um homem, de 45 anos, foi preso após mutilar uma mulher, de 42, com cortes de gilete durante um ritual satânico nessa segunda-feira (13) no município de Rorainópolis, Sul de Roraima. A vítima se relacionava com o suspeito havia três meses, segundo a Polícia Civil.

O agressor foi preso pela Polícia Militar após a mulher ferida buscar atendimento no hospital de Rorainópolis. Ela sofreu vários cortes no corpo, incluindo um em formato de cruz, um profundo no braço e tinha um ferimento na boca.

Na unidade, a vítima relatou que o homem fazia parte de uma seita e, por isso, a cortava com gilete.

Na tentativa de fugir das agressões, a mulher foi embora para o Pará, mas voltou recentemente depois que o suspeito a manipulou, relatou ela à Polícia Civil.

“Desde então a mulher vinha sendo mantida em cárcere privado, violência sexual e sofreu mutilações praticadas, segundo ela, pelo acusado, com cortes de gilete, no corpo. Ela disse que vinha sendo obrigada a tomar um chá e passou a sentir fortes dores no estômago”, detalhou a Polícia Civil sobre o caso.

Preso, o suspeito negou as acusações da mulher contra ele. Afirmou ainda que “a mulher foi quem se interessou por sua filosofia religiosa”. Ele foi atuado em flagrante pelos crimes de lesão corporal dolosa, sequestro e cárcere privado. Na audiência de custódia ele teve a prisão decretada.

Fonte: g1 RR – Boa Vista