Chocante! Adolescente mata pais a marteladas e taca fogo nos corpos após ser proibido de faltar aula

Um adolescente, de 16 anos, foi apreendido suspeito de assassinar os próprios pais adotivos a marteladas após uma discussão em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, na noite de quinta-feira (23). O suspeito ainda teria ateado fogo no quarto onde o casal dormia.

Segundo relatos, o menino teria acionado a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros e relatado aos militares que o motivo da briga seria por que os pais não queriam que ele faltasse à escola para poder descansar para ir na academia de jiu-jítsu.

Ainda de acordo com o relato dos militares, o adolescente teria admitido que havia assassinado os pais com marteladas e, logo após, saído para comer com um colega. O suspeito ainda teria afirmado que ateou fogo no quarto das vítimas, que fica no segundo andar na residência em que viviam.

Clique aqui e entre em nosso grupo do whatsapp

O adolescente, que é adotado, era filho único do casal e vivia com os dois desde 2014. O irmão mais velho do suspeito contou que o menor era o filho mais novo de um casal que teve quatro filhos —e todos foram adotados por uma família diferente. O irmão relata que as vítimas eram amorosas com o adolescente, mas o mesmo apresentava um comportamento agressivo.

Segundo os Bombeiros, a equipe chegou no local do crime às 3h desta sexta-feira (24), onde apagaram as chamas. A Polícia Civil teria chegado por volta das 7h, onde realizou a perícia local e os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) do Rio.