Laudo da PRF: cantora que morreu com vereador dirigia em alta velocidade, perdeu controle e colidiu com carreta

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou nesta segunda-feira (27), que concluiu o laudo pericial, que investigava as circunstâncias das mortes da cantora Ana Paula Vieira e do vereador Marcelo Augusto Stocco, no último dia (12), após um gravíssimo acidente, ocorrido na BR-364, no trecho entre Pimenta Bueno e Cacoal.

O laudo diz que as evidências colhidas e analisadas no local do acidente, “corroboram com relatos de testemunhas que trafegavam pelo local no momento do acidente.  O veículo vinha em alta velocidade, próximo a um trecho com aclive, quando a motorista foi surpreendida por uma curva. Em decorrência da perda do controle da direção, o automóvel invadiu o acostamento e, em seguida, a faixa do sentido contrário, momento em que houve a colisão frontal contra a carreta”.

Clique aqui e entre em nosso grupo do whatsapp

Por outro lado, a PRF disse que não competência para realização de exames toxicológicos em falecidos. “É essencial direcionar quaisquer questionamentos referentes a esse tipo de procedimento ao órgão competente, o Instituto Médico Legal (IML)”.

Marcelo era vereador em Pimenta e pré-candidato a prefeito. Já Ana Paula, era cantora na região.

Com a forte batida, a cantora e o vereador de Pimenta Bueno morreram na hora.

As vítimas ficaram presas nas ferragens e foram retiradas por equipes do Corpo de Bombeiros.

O carro, que era dirigido pela cantora. ficou completamente destruído. Há suspeitas que ela tenha dormido ao volante

Por: Rondônia agora