Mulher m4ta ex-marido após ele descumprir medida protetiva

Josiane Reis da Silva, de 40 anos, foi presa após matar o ex-companheiro, Jones Campos Freitas, de 51 anos. O caso ocorreu nessa sexta-feira (14), no município de Borba, distante 218 km de Manaus. De acordo com informações, Josiane e Jones discutiam em frente à loja que era do casal, quando a mulher atirou na perna do homem. O disparo de espingarda atingiu a coxa de Jones, na veia femural. O tiro causou grande sangramento, e acabou levando Jones à morte. Testemunhas informaram que Josiane tinha uma medida protetiva contra Jones, e o ex-companheiro teria descumprido a ordem judicial, na tentativa de reatar o relacionamento. Josiane se apresentou na delegacia acompanhada de uma advogada. Ela está presa e à disposição da Justiça. Histórico de violência doméstica Jones, conhecido pelo apelido de “Cego”, estava sendo procurado pela Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) por uma tentativa de homicídio a tiros ocorrida em 13 de março deste ano na cidade de Borba. As investigações revelaram que a tentativa de assassinato foi motivada pelo fato de a vítima ter informado à esposa de Jones sobre um caso extraconjugal entre ele e a ex-companheira do homem baleado. “Após o ocorrido, o autor se deslocou à sua residência e relatou à sua esposa o que teria acontecido. A mulher criticou a atitude do marido e ele a agrediu fisicamente e a ameaçou com uma arma”, relatou o delegado Jorge Arcanjo, da 74ª DIP de Borba. Na época do ocorrido, a esposa de Jones solicitou uma medida protetiva contra ele, que foi concedida pela Justiça.