Brasileira que fez sexo com detento participou de reality sobre não monogamia

A ex-agente penitenciária brasileira Linda de Sousa Abreu, presa no último sábado (29) após ser filmada fazendo sexo com um detento em um presídio em Londres, já participou do reality show britânico “Open House: The Great Sex Experiment”, com duas temporadas, que somam 14 episódios.

VEJA O QUE FOI PUBLICADO:

O QUE OCORRIA?

O programa é um experimento social que investiga se relacionamentos podem prosperar sem a monogamia. Em cada episódio, casais monogâmicos testam sua relação ao fazer sexo com outras pessoas, enquanto vivem juntos por alguns dias, acompanhados pela terapeuta Lori Beth Bisbey.

Clique aqui e entre em nosso grupo do whatsapp

A brasileira e o marido, Nathan Richardson, participaram do segundo episódio da segunda temporada, em 2023. No programa, ela se apresenta como personal trainer, e ele como instrutor de artes marciais. Durante uma festa no reality, os dois foram convidados para um swing, prática em que casais mantêm relações sexuais com outros casais ou pessoas solteiras.

PRISÃO DA BRASILEIRA

Acusada de má conduta em cargo público, a funcionária de 30 anos passou por audiência de custódia no Tribunal de Uxbridge nesta segunda-feira (1°), pagou a fiança e foi liberada sob a condição de comparecer em audiência no dia 29 de julho.

Linda de Sousa Abreu | FOTO: ReproduçãoLinda de Sousa Abreu | FOTO: Reprodução