“Golpe do Amor ” e “Falso Assédio”: dispara número de mulheres presas no Brasil por extorsão contra homens ricos

Em uma série de operações sem precedentes, a Polícia Civil revelou uma rede criminosa chocante: mais de 1.000 mulheres foram presas por participarem de um esquema de extorsão que vitimou mais milhares de homens ricos e milionários nos últimos três anos.

O esquema, que se desenrola como uma trama de filme de suspense, envolve sedução, falsificação de assédio e extorsão de grandes quantias de dinheiro.

Essas mulheres, muitas vezes agindo sozinhas ou em conluio com advogados, abordavam suas vítimas em locais estratégicos, como elevadores de prédios comerciais e residenciais. Utilizando câmeras sem áudio, elas encenavam situações de assédio sexual que eram depois usadas para chantagear suas vítimas. Com ameaças de escândalo e processos judiciais, exigiam valores entre R$ 50 mil e R$ 400 mil.

A Divisão Antissequestro e Extorsão (DAS) da Polícia Civil se especializou na investigação desse tipo de crime. Desde 2021, mais de 1.000 mulheres foram presas, revelando a amplitude dessa operação criminosa

“É uma verdadeira epidemia de extorsão. Essas criminosas se aproveitam da falta de testemunhas e das limitações das câmeras de segurança para montar suas armadilhas”, explicou um delegado da DAS. Vítimas Silenciosas Muitos dos homens alvo desse golpe são idosos e se sentem envergonhados ou amedrontados, evitando denunciar os crimes. “O medo de um escândalo público faz com que muitos paguem as somas exigidas sem questionar”, destacou um investigador. Em alguns casos, as vítimas só procuraram a polícia após perceberem que estavam sendo extorquidas repetidamente. Graças às operações coordenadas da Polícia Civil, foi possível desmantelar várias células dessa rede criminosa. As prisões ocorreram principalmente na grande São Paulo, mas também se estenderam para outros estados do país. “Estamos determinados a acabar com essa prática abominável e a trazer justiça para as vítimas”, afirmou um porta-voz da Polícia Civil. As autoridades aconselham cautela e vigilância.

Clique aqui e entre em nosso grupo do whatsapp

Evitar situações comprometedoras e denunciar qualquer tentativa de extorsão imediatamente são passos cruciais para se proteger contra esses golpes. “A melhor defesa é a informação e a rápida ação. Se você for vítima, procure a polícia imediatamente”, alertou o delegado responsável pelas investigações. Esse escândalo levanta questões sérias sobre a segurança em locais públicos e a vulnerabilidade dos idosos. A sociedade precisa estar alerta e apoiar as vítimas, garantindo que os responsáveis sejam punidos adequadamente. Futuro Incerto Com a revelação desse esquema, as autoridades esperam que outras vítimas se sintam encorajadas a denunciar os crimes. A Polícia Civil continua suas investigações para garantir que todos os envolvidos sejam levados à justiça.