Avião desaparecido cai em região de mata na Serra da Cantareira (SP)

Aeronave saiu de Jundiaí, no interior do estado, e iria para o aeroporto Campo de Marte, na zona norte Piloto perdeu contato durante trajeto

banner tim pizza
banner pax nacional

Um avião que estava desaparecido caiu na região da Serra da Cantareira, na região metropolitana de São Paulo, na manhã desta segunda-feira (2). A aeronave saiu de Jundiaí, no interior do estado, às 5h50, e iria para o aeroporto Campo de Marte, na zona norte da capital.

De acordo com a Record TV, os bombeiros estão a caminho do local. A princípio, somente o piloto estava a bordo. A aeronave é um bimotor, modelo King Air, de prefixo PP-BSS. O helicóptero Águia 8 foi para o local do acidente para tentar resgatar o piloto.

A Aeronáutica acionou o Corpo de Bombeiros, que ainda está a caminho do local, com 24 homens. Após a queda, a aeronave pegou fogo. Segundo a PM, o acidente ocorreu nas proximidades da Estrada de Santa Inês com a Estrada da Roseira.

O avião caiu em uma região de mata fechada, local considerado de difícil acesso. Policiais militares desceram da aeronave por meio de uma corda, com técnica de rapel, para fazer o resgate de possíveis vítimas.

193-Bombeiros PMESP

09h27 A Aeronáutica solicitou o CB após perceber ausência do sinal de uma aeronave na região da Serra da Cantareira, o Helicóptero Águia confirmou a queda da aeronave, 08 equipes estão à caminho da Estrada da Santa Inês sem mais informações de vítimas, aguardando mais informes..

Na manhã desta segunda-feira, os helicópteros que sobrevoavam a região enfrentaram tempo ruim em função da nebulosidade e restrição de visibilidade. Ainda não há informações sobre o motivo da queda da aeronave.

De acordo com a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), a situação da aeronave era legal, porém não tinha autorização para realizar taxi aéreo. A FAB (Força Aérea Brasileira) informou que está apurando os fatos.

Fonte: R7

rotativo2