Novo aeroporto em Ariquemes com recursos viabilizados por Marcos Rogério

Ji-Paraná, Porto Velho e Cacoal também receberam investimentos

banner tim pizza
banner pax nacional

Rondônia terá nova estrutura aeroportuária, com recursos viabilizados pelo mandato do senador Marcos Rogério (DEM). Serão três novos aeroportos, em Cacoal, Ji-Paraná e Ariquemes, além de obras de revitalização em Porto Velho, e ainda a previsão de que o aeroporto de Vilhena seja incluído no pacote de investimentos do governo federal.

Para Ariquemes, o senador Marcos Rogério (DEM) indicou ao Orçamento de 2020, por meio de emenda individual, R$ 10 milhões para a construção de um novo complexo aeroportuário. O projeto prevê a construção de pista, novo terminal, pátio, acesso e estacionamento.

Atualmente, há apenas um aeródromo na região. Com a obra de ampliação, o município estará habilitado para receber voos de outras regiões do Brasil. “Ariquemes estava em desvantagem em relação a outros municípios pela falta de voos comerciais. Isso impõe dificuldades, e a cidade acaba perdendo investimentos econômicos”, pontuou o senador Marcos Rogério.

Presidente da Comissão de Infraestrutura do Senado, Marcos Rogério também garantiu a ampliação da meta de investimento no aeroporto de Ji-Paraná, orçado inicialmente em R$ 11 milhões. Com o recurso adicional, de R$ 9 milhões, será possível iniciar e concluir a construção de todo o complexo aeroportuário, que vai contar com pátio, novo terminal, acesso, estacionamento, além de mobília e equipamento.

“O processo de licitação já foi iniciado, e em alguns meses teremos uma empresa responsável por iniciar as obras. Em breve teremos um aeroporto de grande porte na região central do estado. Isso vai abrir portas, integrando Rondônia ao restante do país, favorecendo a articulação comercial e o turismo”, salientou o senador. O orçamento total para a construção do novo aeroporto em Ji-Paraná é de R$ 20 milhões.

Para Porto Velho, Marcos Rogério viabilizou investimentos para realizar reparos na pista.
O valor, de R$ 1,3 milhão, já foi liberado e está na conta do município. As obras devem ser iniciadas no dia 11 de novembro. O aeroporto de Cacoal é o que se encontra em estágio mais avançado, e também conta com recursos viabilizados por Marcos Rogério, na ordem de R$ 8 milhões, para ampliação do terminal de passageiros, além de obras complementares, no estacionamento e também no acesso ao terminal. O processo de licitação já foi concluído e a empresa contratada.

Agora, Marcos Rogério trabalha por adequações no aeroporto de Vilhena. A meta é de que ele seja incluído no plano de investimentos do governo federal. “Rondônia é um estado novo, e ainda muito carente de infraestrutura. Mas estamos trabalhando no Congresso Nacional para viabilizar obras que promovam o progresso e melhorem a nossa mobilidade. Até o momento, há recursos aprovados para quatro aeroportos. Mas ainda há muito trabalho pela frente”, sinalizou o senador.

Fonte: Assessoria

rotativo2